O babaçu é um fruto bastante beneficiado no bioma Amazônia. Foto: acervo ISPN/Eduardo Rodrigues

O Edital Amazônia, o 25º do PPP-ECOS, chegou a sua última etapa: a de divulgação do resultado sobre os projetos estratégicos selecionados. Em agosto de 2019, além da seleção final de 29 pequenos projetos e de consolidação, aconteceu uma pré-seleção de cinco iniciativas dentro da categoria estratégico. Após quatro meses de avaliação, das cinco pré-selecionadas, três propostas foram aprovadas em cada um dos estados contemplados pelo edital: Maranhão, Mato Grosso e Tocantins.

Resultado da seleção de Projetos Estratégicos do Edital Amazônia do PPP-ECOS:

Associação em Áreas de Assentamento no Estado do MA – ASSEMA

Alternativas para a Pequena Agricultura no TO – APA-TO

Associação Terra Indígena do Xingu – ATIX

Agora, o ISPN entrará contato com os projetos selecionados que deverão enviar as documentações complementares às propostas. Os projetos devem começar sua execução assim que os procedimentos administrativos de contratação, inclusive o licenciamento ambiental, estiverem concluídos.

Sobre o Programa Amazônia

O Edital Amazônia do PPP-ECOS está dentro do Programa Amazônia do ISPN, que tem como foco apoiar projetos comunitários que buscam o uso sustentável da biodiversidade e contribuem com impactos ambientais globais positivos. O programa atua com agricultores familiares e povos e comunidades tradicionais e fortalece redes de parcerias, amplia o protagonismo técnico, político e a mobilização de recursos para projetos comunitários ecossociais e suas organizações. Esse trabalho visa, assim, a melhoria de vida das famílias das regiões de sua atuação que, por sua vez, atuam pela manutenção dos serviços ecossistêmicos que beneficiam toda sociedade.

O Programa atua no bioma Amazônia, principalmente em três estados da Amazônia Legal: Mato Grosso, Tocantins e parte do Maranhão.