Matérias que prejudicam a sociobiodiversidade brasileira estão dentro daquelas que o grupo pede adiamento de votação. Foto: acervo ISPN/Bento Viana

Mais de 60 organizações, entre elas o ISPN, enviaram carta ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, pedindo que ele suspenda votações de matérias polêmicas que geram impactos para o meio ambiente, para a economia e a sociedade como um todo, durante o período de restrições na casa legislativa por conta do coronavírus. Uma das matérias é a MP 910/2019, a MP da Grilagem, que pode significar graves impactos para as questões socioambientais do país.

Na carta, as organizações lembram que o presidente se comprometeu publicamente a barrar matérias que ameacem a proteção ao meio ambiente e aos povos tradicionais.

Nos últimos dias, o Congresso estabeleceu uma série de medidas de segurança sanitária para a circulação na casa. Senadores que fazem parte do grupo de risco foram liberados, as sessões tanto da Câmara quanto do Senado, serão remotas, conforme projeto aprovado nesta terça-feira (17). Na

Nesta segunda-feira (16) o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, reiterou a importância da casa legislativa continuar funcionando em tempos de crise. O apelo pela atenção aos tipos de projetos a serem votados nesse período é assinado por mais de 60 instituições.

Veja carta na íntegra