Em vídeo produzido pelo Instituto Raoni (IR), o Cacique Raoni Metuktire fala sobre a importância da estratégia do ISPN para a promoção de Paisagens Produtivas Ecossociais (PPP-ECOS), que atua, principalmente, por meio do apoio a projetos socioambientais que envolvem povos e comunidades tradicionais e agricultores familiares.

O Instituto Raoni teve um projeto aprovado no Edital Amazônia do PPP-ECOS, lançado ano passado. A iniciativa do IR envolve de forma participativa mulheres Kayapó que buscam empoderamento por meio do fortalecimento e da autonomia socioeconômica, com a consolidação da cadeia produtiva do cumaru e a promoção da melhoria da qualidade de vida familiar.

Com a ampliação do Plano de Manejo de Cumaru, espécie coletada nas Terras Indígenas Capoto/Jarina (Mato Grosso), mulheres serão diretamente beneficiadas e, indiretamente, outros centenas de indígenas com oficinas de capacitação, intercâmbios, manejo adequado de sementes, enriquecimento de roças e pomares. Além disso, o beneficiamento do Cumaru resultará no aumento da comercialização dessa cultura para a indústria cosmética, consolidando outra alternativa econômica sustentável para os Kayapós. As ações também aumentarão a efetividade da vigilância em seus territórios e a valorização da floresta viva e conservada.

“Esse apoio é muito bom não só para o Instituto Roni e as aldeias Kayapó, mas também para outros parentes [indígenas] que apoiamos. Esse projeto não pode parar. Muito obrigado!”, destaca Raoni.

Sobre Raoni Metuktire