Composta por mais de 50 entidades da sociedade civil associadas, a Rede Cerrado trabalha para a promoção da sustentabilidade, em defesa da conservação do Cerrado e dos seus povos. Indiretamente, a Rede congrega mais de 300 organizações que se identificam com a causa socioambiental do bioma. Ela é representada por indígenas, quilombolas, quebradeiras de coco babaçu, vazanteiros, fundo e fecho de pasto, pescadores artesanais, geraizeros, extrativistas, veredeiros, caatingueros, apanhadores de flores Sempre Viva e agricultores familiares, que são os verdadeiros guardiões da biodiversidade do Cerrado. Os múltiplos atores comprometidos e atuantes no campo político da Rede Cerrado é enorme, sendo esse seu maior patrimônio.

Desde 2016, o ISPN é responsável pela coordenação administrativa da Rede Cerrado e segue no cargo até o final de 2019.

Conheça mais, clique aqui.