Capta

GUIA DE ELABORAÇÃO DE
PEQUENOS PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS
PARA ORGANIZAÇÕES DE BASE COMUNITÁRIA

QUADRO DE OPORTUNIDADES

Editais e oportunidades de financiamento para projetos:
  • FUNBIO

    Edital: Bolsas Funbio – Conservando o Futuro
    Data limite: 18 horas do dia 31/08/2018

    A chamada Bolsas Funbio irá apoiar pesquisas de campo relacionadas a um dos seguintes eixos temáticos: conservação e uso sustentável da biodiversidade, recuperação de paisagens e áreas degradadas, conservação e manejo sustentável de fauna e flora, gestão territorial para a proteção da biodiversidade, mudanças climáticas e conservação da biodiversidade.

    Saiba mais »

  • Climate Ventures

    Edital: Bons Negócios Pelo Clima
    Data limite: 17/08/2018

    A Chamada Bons Negócios Pelo Clima visa encontrar e fomentar negócios que promovam uma economia circular e de baixo carbono. Para conseguir isso, o edital busca soluções que sejam bons negócios para o clima, atuando nos seguintes eixos temáticos: gestão da água, gestão de resíduos, alimentação, energia, logística, uso do solo e florestas.

    Saiba mais »


  • *Veja mais oportunidades

Plano de trabalho

Pergunta-chave:

Quais os passos necessários para o alcance de cada objetivo específico?

As atividades consistem em todos os passos necessários para atingir os objetivos específicos do projeto. A atividade é uma ação concreta que deverá ser realizada durante o período de execução do projeto.

Neste momento é importante pensar na equação:

$$$ + Tempo + pessoas = execução da atividade

Ou seja, proponha atividades que caibam dentro do orçamento, do limite de tempo e da capacidade de execução das pessoas envolvidas. Muita atenção neste momento para que a organização não dê um passo maior que as pernas.

O Plano de Trabalho é um quadro que sintetiza a parte operacional do projeto. Apesar deste quadro não ser solicitado em todos os editais, ele pode ser muito útil na execução do projeto, podendo ser elaborado independentemente da exigência do financiador. Pode ser usado inclusive para o planejamento da organização e monitoramento do projeto.

Para preencher o plano de trabalho você deve repetir as informações dos objetivos específicos apresentados, ou seja, eles devem ser listados com as respectivas atividades que serão realizadas. Na coluna referente aos recursos, deve ser colocado o que será necessário, sem muito detalhamento, o que deverá ser feito no orçamento. Na coluna “prazo” deve-se apresentar o prazo para a execução da atividade.

Já na coluna “responsáveis” você deve completar com o nome e/ou o cargo da pessoa responsável pela atividade. Caso ainda não saiba quem será, coloque o perfil desta pessoa. Se escolhida desde o início do planejamento ela terá tempo para se preparar para a ação, quando o projeto for aprovado. É necessário que seja, de preferência, uma pessoa ou um grupo pequeno que tenha disponibilidade e comprometimento.

Pode ser que a atividade seja realizada por várias pessoas, neste caso é importante definir uma pessoa que lidere, que será a responsável por formar a equipe, fazer os preparativos, mobilizar as pessoas que participarão e tomar outras providências necessárias. Muitas vezes confiar que todos irão realizar a atividade pode resultar que ninguém a faça. Para ilustrar a situação veja esta história.

Esta é uma história de quatro pessoas:
TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM.

Havia um trabalho importante a ser feito e TODO MUNDO tinha certeza de que ALGUÉM o faria. QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM o fez. ALGUÉM se zangou porque era um trabalho de TODO MUNDO. TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo.

Ao final, TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito”.

Portanto, mesmo que seja uma atividade em que todo mundo participe, lembre de colocar uma pessoa responsável para que a atividade realmente aconteça!

Algumas atividades podem ser feitas pela comunidade sem a ajuda de pessoas de fora. Outras podem precisar de assessoria técnica ou apoio para transporte, equipamentos, locação de espaço, máquinas etc. Neste último caso, é importante prever quem serão os parceiros. Ao prever essas parcerias é necessário analisar quais são as necessidades e quais pessoas ou organizações podem efetivamente contribuir.

Como o Plano de Trabalho sintetiza seu projeto, antes de enviar, verifique se todas as atividades que aparecem ao longo da proposta estão listadas no plano e também se estão contempladas no orçamento.

Modelo de Plano de trabalho

Nome do projeto:
Objetivo Geral: Pra quê?
Objetivos específicos:
Pra quê?
Atividades:
O quê?
Recursos:
Com o quê?
Prazo:
Quando?
Responsáveis:
Quem?
Parceiros:
Com quem?

Materiais de referência:

Sobre a importância do planejamento das ações, veja este vídeo:



 


Veja também:


  • Visite também:

  • Parceiros
ISPN - Instituto Sociedade, População e Natureza - email: instituto@ispn.org.br. » Fazer login
SHCGN CLR Quadra 709 Bloco "E" Loja 38, CEP 70.750-515 Brasília - DF . Fone/Fax: (61) 3327-8085
DoDesign-s Design & Marketing