Capta

GUIA DE ELABORAÇÃO DE
PEQUENOS PROJETOS SOCIOAMBIENTAIS
PARA ORGANIZAÇÕES DE BASE COMUNITÁRIA

QUADRO DE OPORTUNIDADES

Editais e oportunidades de financiamento para projetos:
  • FNMA e Fundo Socioambiental Caixa

    Edital: Apoio a Projetos de Compostagem
    Data limite: 11/10/2017

    O FNMA e o Fundo Socioambiental Caixa tornam público seu edital para apoiar projetos de segregação na fonte e compostagem de resíduos orgânicos nos sistemas municipais e intermunicipais de gestão de resíduos sólidos.

    Saiba mais »

  • BNDES

    Edital: Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais
    Data limite: 18 hrs do dia 12/12/2017

    O BNDES está com edital aberto para apoiar projetos que promovam boas práticas de salvaguarda e conservação dinâmica de bens culturais associados à agrobiodiversidade e sociobiodiversidade.

    Saiba mais »


  • *Veja mais oportunidades

Etapas

Os passos para a realização de um diagnóstico participativo são:

1º Monte uma equipe

A equipe geralmente é pequena, formada por pelo menos três pessoas dispostas a dialogar, podendo incluir pessoas de fora da comunidade, com a ressalva de que haja alguém conhecido pela comunidade.

2º Planeje o seu diagnóstico

Faça um planejamento básico, defina um roteiro para a realização do diagnóstico, veja que materiais ou estruturas irá precisar, planeje como irá registrar o processo e divida as funções com a equipe.

É importante verificar quais das ferramentas de diagnóstico são mais indicadas para os aspectos que se pretende diagnosticar e se possível, utilize mais de uma ferramenta para obter dados de diferente formas.

3º Realize o diagnóstico

A essência do diagnóstico é o diálogo. O diagnóstico pode ser realizado junto a cada família e/ou no coletivo. Essa conversa pode ser estimulada a partir de uma reunião, uma caminhada, ou pela confecção de um mapa da propriedade ou da comunidade.

4º Sistematize o resultado do diagnóstico

Sistematizar significa organizar as informações, reunindo-as conforme categorias, temas. Após coletar um monte de dados, é chegada a hora de juntá-los, de forma que representem a riqueza de informações, de maneira simples, objetiva e clara. Ao final, elabore com este material sistematizado o relatório do diagnóstico.

5º Apresente o resultado para a comunidade

As informações levantadas e organizadas devem ser apresentadas em reunião comunitária para que possam ser discutidas com a comunidade. O próximo passo é pensar onde se pretende chegar e que ações podem ser realizadas para transformar a realidade. Esse processo é o planejamento.

6º Tomem decisões e planejem as ações de forma coletiva

Este é o momento de planejar as ações. Para esta etapa, pode ser feito um plano de trabalho, pensando em todas as atividades que a comunidade deverá empreender em resposta aos problemas e dificuldades priorizados no processo de diagnóstico.

Ao fim, pode-se fazer uma escolha coletiva da ordem que irão realizar as ações propostas, levando também em consideração os recursos disponíveis e as oportunidades em vista. Neste momento, a ideia de realizar um projeto específico pode ser definida, com seus respectivos objetivos e atividades.


Veja também:


  • Visite também:

  • Parceiros
ISPN - Instituto Sociedade, População e Natureza - email: instituto@ispn.org.br. » Fazer login
SHCGN CLR Quadra 709 Bloco "E" Loja 38, CEP 70.750-515 Brasília - DF . Fone/Fax: (61) 3327-8085
DoDesign-s Design & Marketing