Amazônia Legal

O conceito de Amazônia legal foi instituído pelo governo brasileiro em 1953 e veio para planejar e promover o desenvolvimento socioeconômico de estados da região amazônica que compartilham historicamente os mesmos desafios econômicos, políticos e sociais – Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão. Sua área é delimitada por uma perspectiva sociopolítica e não geográfica, alcançando, assim, 59% do território brasileiro, ou seja, 5 milhões de quilômetros quadrados, o que inclui ainda parte do Cerrado e do Pantanal. Os limites da Amazônia Legal foram alterados diversas vezes devido às mudanças na divisão política do país. A sua forma atual foi definida pela Constituição de 1988, que incluiu Tocantins, Roraima e Amapá.

Últimas notícias sobre o bioma Amazônia

Veja todas as notícias